Nome científico

Chenopodium ambrosioides L.

Família

Chenopodiaceae

Histórico

Originária do México é muito difundida na América Central e do Sul. No Brasil, cresce espontaneamente, podendo também ser cultivada. Em guarani é denominada de “ka’á re” e o gênero Chenopodium foi descrito por Lineu que significa “pé de ganso”, referindo-se às folhas lobadas das espécies deste gênero. É costume, em áreas rurais, varrer os cômodos da casa com vassoura feita de ramos da planta, ou até mesmo colocá-la seca sob colchões, lençóis e travesseiros com o objetivo de repelir insetos. Esta ação é atribuída ao composto ascaridol presente no óleo essencial armazenado nas sementes, nas folhas e no caule da planta. A primeira citação como anti-helmíntico foi relatada em 1571, por Francisco Hernandez, e desde 1913 foi introduzida na Farmacopéia Mexicana para esta finalidade. Em 1732 foi introduzida na Europa. O óleo essencial da planta também está incluído nas farmacopeias da Espanha, Portugal, Argentina, Índia, Itália e Turquia. Com distribuição ampla pelo mundo, é considerada pela Organização Mundial da Saúde como uma das espécies mais utilizadas entre os remédios tradicionais no mundo inteiro.

Tropismo

Sistema osteomuscular.

Atividade farmacológica

  • Vermífuga
  • Regeneradora de tecido ósseo
  • Anti-inflamatória
  • Antifúngica
  • Antisséptica
  • Antimalárica
Back to top