Casa Espírita Terra de Ismael

Jardim Botânico

Os primeiros Jardins botânicos surgiram na Europa, no século XVI, com o objetivo de cultivar e estudar plantas medicinais. Atualmente, existem 1700 Jardins Botânicos no mundo, sendo que 2% deles estão no Brasil. Esses números relevam, ao mesmo tempo, um grande contrassenso, bem como a necessidade premente de ações conservacionista, considerando que mais de um terço de todas as espécies de plantas do mundo se encontram no Brasil.
O Jardim Botânico de Plantas Medicinais Ordem e Progresso foi instituído em 7 de setembro de 2019, com o objetivo de conservar a flora medicinal do país. Abriga atualmente 350 espécies de plantas medicinais brasileiras, as quais se não forem conservadas, desaparecerão na mesma velocidade com que nossas florestas estão sendo dizimadas. A flora conservada no Jardim Botânico produz dezenas de milhares de moléculas, as quais poderão ser investigadas, de forma ética, por pesquisadores brasileiros e de outros países transformando-se no futuro em opções terapêuticas para numerosas enfermidades, que ainda assolam a humanidade e para as quais não há tratamento.
O Horto Medicinal e o Jardim Botânico também têm finalidade educativa possibilitando, in loco, o aprendizado sobre a importância das plantas medicinais, o cultivo e multiplicação das espécies, bem como o entendimento prático e teórico de conceitos fundamentais para entender a vida nos diversos reinos que compõem a natureza, como uma teia de relações sempre dinâmicas e complementares.